Processo de Supervisão e Estágio

Com foco no analista, sua técnica e seu aprender da experiência, o processo de supervisão no Programa de Formação da EPP é feito através de um conjunto de diversas atividades que visam o “saber fazer” psicanálise, sempre enfatizando um aspecto do trabalho analítico, de maneira que o candidato possa formar sua visão clínica com toda a extensão, complexidade e implicâncias dela. Veja abaixo as atividades que compõe esse processo de supervisão: 

Grupos de Fundamentação da Técnica
Coordenação: Ale Esclapes

Diferente dos grupos de estudos semanais (técnica-teoria), são encontros que visam preparar o candidato para o uso adequado dos instrumentos de trabalho psicanalítico e seus aspectos éticos, através da discussão dos fundamentos técnicos e a aprendizagem das principais ferramentas de observação clínica pelo vértice de W. Bion, autor que se dedicou profundamente a desenvolver uma psicanálise instrumental.

Reunião de Treinamento Técnico
Coordenação: Marcos Capelli, Marcelo Moya e Pedro Flávio

Nessa atividade, as ferramentas ensinadas nos Grupos de Fundamentação Técnica são treinadas e as dúvidas que eventualmente surgem na prática sanadas em grupo até que estejam incorporados à escuta clínica.

Exercício da Clínica
Coordenação: Maria Foster e Emir Tomazelli

O objetivo deste grupo é pensar as diversas implicações clínicas frente a cada decisão tomada em consultório sem incorrer a padrões rígidos de atendimento, e também são discutidos temas éticos da profissão, bem como situações pontuais da clínica que merecem atenção especial do psicanalista.

Supervisão de Casos Clínicos (sob demanda)
Coordenação: Marcelo Moya

Nesses encontros são discutidos casos clínicos selecionados dos atendimentos de estágio, com enfoque específico nas dificuldades de manejo técnico do candidato a analista em suas experiências iniciais de consultório.

Consulte o horário das atividades em: Formação em Psicanálise - online (apsicanalise.com)

 

Estágio

Condições para iniciar o estágio: No terceiro ano aquele que terminou todas as matérias de acordo com o cronograma da Escola (incluindo todas as atividades de ouvinte) e tiver concluído pelo menos 50 horas de análise pessoal * terá direito a estagiar. Lembramos que durante todo o período de estágio o mesmo deverá permanecer em análise pessoal. Para se formar é preciso ter pelo menos 100 horas de análise pessoal (não entra no cálculo de horas do certificado), em um único período e com o mesmo analista. 

Estágio : É exigido do aluno 125 horas de estágio clínico, que pode ser realizado na cidade e nas instituições escolhidos pelo candidato ou online. Possibilidade de estágio remunerado através do nosso atendimento psicanalítico.

Carga horária total da parte clínica: Atendimento (125 horas), Grupos de Fundamentação da Técnica (50 horas de participação + 25 horas de "ouvinte"), Reunião de Treinamento Técnico: 80 horas de (60 horas de participação + 20  horas como "ouvinte"): 280 horas. 

* não incluídas no valor da mensalidade.