Será o luto o que se instalou?

Por Jucimary Silveira1

Começamos o ano de 2020 com os mesmos propósitos e promessas de todos os anos: de iniciar um ano melhor. O que não sabíamos era que seríamos pegos de surpresa por uma pandemia provocada por um simples vírus, nem tão simples assim, o Coronavírus, que já infectou mais de 7 milhões de pessoas no nosso planeta e ceifou a vida de mais de 400 mil.

Leia mais
A ansiedade nossa de cada dia

Por Fabiana Tessaro1

Difícil não estar ansioso hoje em dia, eu digo isso porque a ansiedade faz parte do mundo contemporâneo. Somos cobrados a todo momento, temos que ser felizes, temos que ser bonitos, temos que ser magros, temos que ter dinheiro, dar resultados, ter sucesso, saúde, amor e por aí vai.

Leia mais
A angústia, a vida e Kierkegaard

Por  Rafael Maques Menezes1

"Quando a pior coisa que você conhece na vida é a morte, você quer viver, mas quando a pior coisa que você conhece na vida é a obrigação angustiosa de existir, então, nesse dia, você quer morrer." (Kierkgaard)

Leia mais
Cadê o inconsciente que estava aqui?

Por  Fabiana Tessaro1

Uma nova estrutura do aparelho psíquico nos é apresentada por Freud em 1923. Uma de suas maiores obras metapsicologicas, é em o “Eu e o ID” que a noção de inconsciente se dissolve, não se tratando mais de um lugar e sim de uma qualidade,
um status de uma ideia.

Leia mais
Freud: o Sherlock Holmes das neuroses

Por Patrícia de Pádua Castro 1

Um “crime” ocultado pelo autor, um detetive obcecado em buscar os vestígios a partir dos efeitos para as causas, empregando a sua incrível habilidade de observação e dedução tem a capacidade de desvendar casos aparentemente insolúveis e revelar todo o mistério envolvido. Poderia ser essa a sinopse de um filme ou um livro de Sherlock Holmes, ou ainda, a descrição da prática analítica de Freud relatada em um de seus casos clínicos: O caso Dora.

Leia mais