Solidão e cuidado de si em tempos de isolamento social

Por Marcelo Moya 1

Certamente em algum momento da sua vida e pelas mais diversas razões você já teve que lidar com o sentimento de solidão. E neste período de pandemia, com os desdobramentos das medidas sanitárias de isolamento social e de seus inevitáveis efeitos colaterais na sociedade, este tema volta a ganhar destaque.

Leia mais
Entre homens, ratos, lobos e lobisomens: Casos clínicos de Freud

Por  Camila Avila1

"O gato preto cruzou a estrada/ Passou por debaixo da escada/ E lá no fundo azul/ Na noite da floresta/ A lua iluminou/ A dança, a roda, a festa.../ Vira! Vira! Vira!/ Vira! Vira!/ Vira Homem/ Vira! Vira!/ Vira! Vira! Lobisomem.../ Bailam corujas e pirilampos/ Entre os sacis e as fadas/ E lá no fundo azul/ Na noite da floresta/ A lua iluminou/ A dança, a roda, a festa.../ Bailam corujas e pirilampos/ Entre os sacis e as fadas"/ (João Ricardo e Luli)

Leia mais
O Complexo de Édipo para Freud e Klein: suas implicações

Por  Raquel C. R. Mariano1

A leitura do ser humano pode ser feita por diferentes ópticas, isso se aplicou tanto para Freud quanto para Klein, ambos psicanalistas de fundamental importância e de grande contribuição para o desenvolvimento da psicanálise. Freud, acreditava que o Complexo de Édipo tinha início próximo dos 4-5 anos, que o super-ego era herdeiro desse complexo e o núcleo do seu trabalho era fundamentado na sexualidade infantil, enquanto para Melanie Klein, o Complexo de Édipo tinha início muito mais cedo, por volta de 1 ano e 6 meses, 2 anos, o núcleo do seu trabalho era genuinamente a inveja e o super-ego já existia muito antes que o Freudiano.

Leia mais
Sexualidade infantil na psicanálise

Por  Willian Fausto Lourenço1

No início da teoria metapsicológica de abordagem do inconsciente (a primeira tópica), Freud compreendia o aparato psíquico conformado por três áreas topográficas (modelo territorial): 1. Consciência: lugar de memórias e emoções atuais, onde se “toma” decisões estando em contato direto com o mundo externo; 2. pré-consciente: lugar de conteúdos ora conscientes ora inconscientes, como por exemplo muitas das memórias que mencionamos antes, pois só se fará consciente quando necessário for e logo voltará a ser inconsciente; e 3. Inconsciente: a princípio, o que não é capaz de ser consciente. 

Leia mais
Ratos, Lobos e Psicanálise

Por  Willian Fausto Lourenço1

A partir da descoberta do inconsciente e sua influência na vida psíquica e comportamental do sujeito, Freud desenvolve teoria e técnica para conhecer este universo desconhecido e chamou essa abordagem de psicanálise. Para Freud, existe um conteúdo manifesto e outro latente, esse último era o que mais o interessava, porém, era exposto pelo paciente de maneira disfarçada (sonhos, ato falho, sintomas, transferências, chistes) e provinha de vivências reprimidas pelo sujeito.

Leia mais
Canal do Youtube: Livraria Martins Fontes Paulista

A história da Livraria Martins Fontes começou no ano de 1960, na cidade de Santos, quando três irmãos se uniram para colocar em prática o ideal de vender livros. Ao longo do tempo, a livraria de Santos mudou de endereço, cresceu e se modernizou, mas mantém até hoje o atendimento cuidadoso e a grande variedade de títulos, desde a fundação.

Leia mais
Por que Klein?

Por Glaudston Cordeiro de Lima1

Escrever sobre os impactos causados ao ler uma parte da clínica kleiniana é, para mim, acompanhar a originalidade e expansão dos seus conceitos. As pessoas que estudaram sua obra, psicanalistas ou não, são de acordo que é uma obra profícua, ou seja, que contém sementes de desenvolvimento de vários pensamentos.

Leia mais